Beleza Saúde   |   10/05/2018   |   103 visualizações

Considerado item de necessidade básica para as brasileiras, cosmético pode conter diversas substâncias prejudicais ao organismo

Cores incríveis e diversas texturas, como o mate, cetim, vinil e o tradicional batom cremoso. Tem opção para todos os gostos. Além disso, ainda há a promessa de hidratação, proteção solar e antienvelhecimento aos lábios. Não é à toa que esse item é o queridinho de quem usa maquiagem não é mesmo? O batom ainda serve como uma camada protetora contra a poluição e alergias provocadas por partículas presentes no ar ou em nossas próprias mãos.

Mas, como nem tudo é perfeito, é preciso ficar atento, pois alguns desses cosméticos podem conter substâncias tóxicas e nocivas à saúde. O batom é considerado um item de necessidade básica do dia a dia – de acordo com um levantamento recente, realizado pelo portal especializado Use Orgânico – e ele não precisa ser deixado de lado, mas os especialistas afirmam que é importante prestar atenção nos componentes do batom que você usa e fazer escolhas inteligentes para preservar a saúde.

Não pode faltar no nécessaire

O batom é, sem dúvidas, o produto mais amado pelas brasileiras quando se trata de maquiagem. A pesquisa “A percepção dos consumidores brasileiros sobre cosméticos sustentáveis”, que contou com a participação de 1.517 consumidores de todas as regiões do país, revela que a maioria das participantes é adepta da maquiagem diária (44%) ou usam até cinco vezes por semana (26%). Desse universo, 52% afirma que o batom é um item de beleza indispensável no dia a dia, à frente de lápis de olho/máscara de cílios e base.

Ainda de acordo com o levantamento, 49,1% das entrevistadas afirmam que escolhem os itens de maquiagem com base na qualidade, curiosamente a fórmula e os ingredientes é relevante para apenas 18,2%. Dentre as marcas mais populares do produto há uma imensa variação de tipo, cores, texturas, efeitos e benefícios, como a hidratação e a proteção solar. Assim fica difícil não se atrair pelo item certo? Mas, além dessas características, é preciso observar aquelas que não são destacadas no rótulo: os componentes químicos.

O preço da beleza

Nenhum kit de maquiagem está completo sem um (ou muitos) batons. Eles, sem dúvida, proporcionam beleza, mas, a que custo? Os riscos associados ao uso de cosméticos labiais estão relacionados à presença de componentes tóxicos e suas dosagens na formulação do item. Pode parecer inofensivo o ato de colorir os lábios com batom, geralmente as pessoas não se preocupam tanto, justamente, porque não é algo que será ingerido, mas é aí que mora o perigo. Por ser aplicado diretamente nos lábios, os batons acabam sendo ingeridos em pequenas porções que passam despercebidas, o que leva a uma dosagem maior dessas substancias prejudiciais.

Quem usa o cosmético regularmente pode chegar a comer mais de dois batons inteiros por ano, segundo um estudo feito por pesquisadores da Universidade da Califórnia, publicado na revista do Instituto Nacional de Ciências de Saúde Ambiental dos EUA, e quem costuma retocar o batom ingere ainda mais. O levantamento testou 32 batons e brilhos labiais de diferentes marcas e facilmente encontrados em farmácias e lojas de departamento dos Estados Unidos e detectou uma concentração de metais pesados, derivados do petróleo e pigmentos artificiais, como chumbo, cromo, alumínio e outros. Alguns, inclusive, quando considerado o consumo cotidiano, apresentam potencial de exposição em níveis acima do que é permitido pela Agência de Vigilância Sanitária dos EUA (FDA).
Beleza Tóxica? Para evitar danos à saúde, consumidoras devem prestar mais atenção na escolha do batom

Fique de olho

Segundo os especialistas o risco estimado à saúde acontece em decorrência do uso regular. Comparando a ingestão, através da exposição contínua, com os níveis tolerados descritos em protocolos de saúde pública, os resultados mostram que alguns dos metais tóxicos são encontrados no organismo em níveis que podem ter um possível efeito nocivo à saúde no longo prazo.

A médica Maria Clara Couto afirma que os cosméticos convencionais contêm milhares de ingredientes químicos, alguns, inclusive, associados a problemas de saúde e, neste contexto, os produtos para os lábios exigem ainda mais cautela: “Os brilhos labiais e batons possuem um potencial de exposição a produtos químicos maior através da ingestão, por isso merecem uma atenção redobrada. Mesmo que as dosagens estejam dentro da regulamentação, é preciso considerar que, ao longo da vida, uma mulher pode “absorver” o equivalente a quase dois quilos do cosmético, ou seja, pode acabar ingerindo toxinas involuntariamente”, afirma Couto – especialista em dermatologia.

É melhor evitar

Alergias e irritações nos lábios e na pele são alguns sintomas que podem ocorrer, mas há outros mais graves associados às altas concentrações dessas substâncias tóxicas, como o cromo, que está ligado a tumores de estômago e de pulmão; o alumínio, associado ao mal de Alzheimer; ou o cádmio e manganês que, com o passar do tempo, doses exageradas levam à intoxicação do sistema nervoso. “Analisando cada componente isoladamente na fórmula do cosmético, parece muito pouco. Mas o perigo está na exposição crônica a esses elementos, já que eles não são facilmente eliminados pelo organismo. Por isso o ideal é prestar atenção nos rótulos e evitar aqueles que possuem essas substâncias” – explica a especialista da Use Orgânico. Entre os principais metais você deve fugir estão:

Chumbo: presente na maioria dos batons, esse componente é uma neurotoxina que tem um efeito prejudicial sobre o sistema nervoso, capaz, inclusive, de causar danos cerebrais, desequilíbrio no sistema hormonal e, até mesmo, infertilidade à longo prazo.

cádmio, magnésio e cromo: esses metais pesados, em níveis altos, podem desencadear doenças perigosas e danos aos órgãos. O cádmio, em especial, pode elevar o risco de insuficiência renal, além de problemas nos ossos e pulmões. Já o cromo pode vir a provocar problemas de pele como a dermatite, por isso foi banido nos cosméticos pela União Europeia, Canadá, Indonésia, Filipinas, Tailândia, Camboja, Mianmar e Malásia.

Formaldeído e parabenos: esses conservantes podem causar tosse e irritação na pele e nos olhos, além disso eles prejudicam o sistema imunológico e diversos estudos apontam sobre seu potencial cancerígeno.
Beleza Tóxica? Para evitar danos à saúde, consumidoras devem prestar mais atenção na escolha do batom

O corpo agradece

O uso diário dos batons aumenta o impacto das toxinas sobre o corpo, por isso, a sugestão da especialista é apostar em versões naturais ou orgânicas que são fabricadas com ingredientes que realmente podem trazer benefícios ao organismo, especialmente à longo prazo: “O ideal é substituir o produto convencional por um cosmético que tenha a fórmula livre de parabenos, sulfatos, formaldeídos, corantes artificiais, fragrância sintética, derivados de petróleo, substâncias geneticamente modificadas e substâncias irradiadas. Dessa forma é possível aproveitar todos os benefícios dos componentes naturais usados na fabricação do batom”.

Com uma fórmula rica em propriedades antioxidantes, que fortalece o sistema imunológico da pele, os orgânicos saem na frente como uma opção saudável de maquiagem e, para facilitar ainda mais, eles trazem nos rótulos selos com a certificação de agências regulamentadoras, reconhecidas internacionalmente, como a EcoCert, o IBD (Instituto Biodinâmico), e a SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira), que garantem a idoneidade dos produtos.

“Além de não conter substâncias tóxicas, os orgânicos oferecem diversas vantagens, muitos contam com propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes e emolientes, por exemplo. Eles podem ser feitos com cera natural de abelha, ou cera de carnaúba para aquelas pessoas que não usam nenhum derivado animal. Além disso, há opções com óleos vegetais de coco e oliva que possuem gorduras benéficas para combater o ressecamento e manter os lábios protegidos, ou o óleo de rícino, que restaura a maciez da pele e combate o envelhecimento precoce. Diferente dos óleos minerais que entopem os poros da pele. Por isso são a melhor escolha para quem quer unir beleza e saúde” – finaliza Couto.

Fonte: Use Orgânico

Comentários

Bitnami