Saúde   |   25/10/2017   |   512 visualizações

A obesidade infantil é realidade em muitos países e no Brasil não é diferente. A única forma de evitar isso é investir em uma alimentação infantil saudável de verdade. O que deve ter início na infância, logo nos primeiros anos, e se arrastar por toda a vida.

Entretanto, fazer os filhos largarem as guloseimas e optarem por frutas e legumes não é uma tarefa muito fácil. Contudo, você não pode desistir e precisa ter em mente que isso é para o bem deles.

Neste post você confere os 10 mandamentos de uma alimentação saudável para as crianças e como incorporar esses hábitos no dia a dia de sua família. Veja esses passos e aprenda a ter hábitos alimentares muito melhores a partir de hoje!

1. Invista na educação alimentar

A educação alimentar precisa começar cedo e dentro de casa. Não adianta querer que a criança coma bem, se os pais não sabem quais são os alimentos mais saudáveis. Por isso, tanto os pais como as crianças devem estudar sobre alimentação saudável.

Acostume seus filhos a pesquisarem sobre o assunto, fiquem atentos aos rótulos de alimentos e sempre escolham as opções naturais, que na maioria das vezes são as mais saudáveis também.

2. Exemplo vem de casa

A melhor maneira de conquistar o seu filho e engajá-lo em uma dieta saudável, é você mesmo entrando de cabeça no novo cardápio da família. Querer que os pequenos comam bem, mas os adultos não seguirem a mesma orientação é injusto e completamente contra intuitivo.

Ganhe seus filhos pelo exemplo e insira hábitos alimentares adequados em toda a rotina da família. Assim fica mais fácil espalhar a cultura saudável dentro de sua casa.

3. Não desista tão fácil

No início do projeto você vai encontrar muitas dificuldades, especialmente se é a primeira vez que toca no assunto com as crianças. Mas não desista, combinado?

Antes de abandonar a dieta ou deixar um ingrediente de lado, experimente receitas variadas e diferenciadas. Tente pelo menos 10 misturas diferentes com aquele ingrediente que seu filho diz não gostar.

Apenas depois dessas tentativas é que você deve eliminar esse alimento definitivamente, se o seu filho continuar dizendo que não gosta, é claro.

4. Aposte nas cores variadas

Um prato colorido é chamativo, bonito aos olhos, saboroso e rico em nutrientes na maioria das vezes. Portanto, abuse das cores para chamar a atenção do pequeno e introduzir uma alimentação infantil saudável em sua casa.

Misture as hortaliças, pimentões, tomates, batatas e outros vegetais junto com o arroz e feijão. A criatividade é uma ótima aliada dos pais para fazer seus filhos comerem de forma mais saudável, experimente!

5. Torne as refeições agradáveis
Conheça os 10 mandamentos para uma Alimentação Infantil Saudável

Comer é bem mais que colocar nutrientes dentro da boca para se manter vivo. A alimentação da família precisa ser uma experiência única e muito divertida. A prova disso é que milhares de restaurantes estão ganhando dinheiro oferecendo experiências gastronômicas incríveis.

Siga o mesmo princípio com a alimentação infantil saudável. Faça todas as refeições em família, conversem, brinquem e interajam. Também vale chamar as crianças à cozinha para ajudarem a fazer a comida. O importante é transformar esse momento em algo especial e engajar os pequenos com a alimentação mais saudável.

6. Use sua autoridade quando necessário

Você pode ser amigo de seu filho ou filha, confidente, camarada e qualquer coisa do tipo. Mas lembre-se que você é pai ou mãe acima de tudo, então faça valer a sua autoridade quando necessário.

É comum enfrentar a resistência dos pequenos no início da alimentação infantil saudável, mas não desista. Tente integrar as novas comidas de forma amigável na rotina da criança. Mas, se não der certo, adote uma postura mais firme e lembre-se: você está fazendo bem para seu filho e garantindo a saúde dele no futuro.

7. Mantenha os eletrônicos longe da mesa

Celulares, tabletes, TV’s e por aí vai. A lista de equipamentos eletrônicos presente na rotina das famílias só cresce. E não tem nenhum problema as crianças usarem esses objetos, desde que seja com supervisão dos pais e na medida certa, é claro.

Mas eletrônicos na hora da refeição e em cima da mesa não dá, né? Quando isso acontece os pequenos não comem direito, se quer sabem o que comeram e podem acabar exagerando no tamanho do prato ou até comendo menos do que deveria.

Portanto, na hora da refeição, todos devem deixar os celulares e demais equipamentos longe da mesa e desligados, de preferência. Ah, isso também vale para os papais, ok?

8. Substituir refeições, jamais!

Chegou a hora de jantar e a criança não quer comer de jeito nenhum, ok! Você não precisa forçar seu filho a jantar se ele não quiser, pois isso pode causar problemas de digestão e até fazê-lo odiar a alimentação infantil saudável.

Mas nada de deixá-lo comer outra coisa depois. Quando aparecer a fome, ele deve esquentar o prato e comer o alimento correto e não sair lanchando qualquer coisa por aí.

O mesmo acontece no caso do café da manha para as crianças que estudam no turno matutino. Se ele não tomar café antes de sair, coloque uma fruta ou outro alimento saudável na bolsa para que ele coma depois. O importante é manter o foco na alimentação infantil saudável e ponto.

9. Evite guloseimas na dieta
Conheça os 10 mandamentos para uma Alimentação Infantil Saudável

As crianças adoram doces, refrigerantes e fast foods não é mesmo? Na verdade todo mundo gosta e as grandes redes de restaurantes sabem disso. Pode ser difícil você cortar esses hábitos ruins de seus filhos, especialmente quando eles estão acostumados à fartura.

A melhor opção é adicionar essas ideias desde pequenos, logo que a criança começa a comer alimentos sólidos. Mostre que as guloseimas podem ser ingeridas apenas de vez em quando e explique os malefícios desses alimentos ao seu filho, quando ingerido em excesso.

10. Procure um profissional

Se mesmo depois de ler esses mandamentos da alimentação infantil saudável, ainda estiver difícil para mudar os hábitos de seus filhos procure ajuda de um profissional. Consulte um nutricionista especializado no público infantil para ajudar a incorporar hábitos saudáveis na dieta de suas crianças.

Com toda certeza, os pequeninos vão agradecê-lo quando ficarem mais velhos e desfrutarem de uma saúde intacta. Então, não tenha medo de mudar os hábitos de sua família e investir em opções mais saudáveis, combinado?

Agora me diga: como é a alimentação de seus filhos? Você conseguiu adotar hábitos alimentares saudáveis? Deixe o seu comentário abaixo!

#useorganico

Comentários

Não tóxico

Não testado
em animais

Livre de
parabenos

Vegano

Gluten-Free