Sustentabilidade   |   27/12/2018   |   92 visualizações

O convívio das crianças com os pais e familiares é uma etapa muito importante no desenvolvimento infantil. É nesse estágio que elas acumulam valores e ideais que utilizarão pelo resto de suas vidas.

Mas para esse momento de aprendizado ser produtivo, é preciso que os pais entendam exatamente o que deve ser ensinado e repassado aos pequenos. Uma das informações indispensáveis é a educação ambiental, que os ajuda a enxergar a importância do meio ambiente e como cuidar bem dele.

Veja neste post algumas dicas para promover a educação ambiental em sua casa, na escola e em toda a comunidade. Acompanhe essas sugestões e ajude a formar cidadãos mais conscientes para o futuro!

Seja um exemplo

O primeiro passo é ser um exemplo para os pequenos. Afinal de contas, as crianças não terão nenhuma responsabilidade ambiental se os pais também não a tiverem.

Cultive bons hábitos em seu dia a dia, seja consciente e deixe que suas ações falem por você. Ao ver esse comportamento nos pais, as crianças instintivamente tendem a imitá-los e ter uma consciência ambiental muito mais forte.

No início eles vão fazer apenas porque os pais fazem, mas com o avanço da idade vão começar a entender o motivo de cada ação.

Como ser um exemplo para o seu filho?

  • Seja um comprador consciente;
  • Pesquise e se informe antes de comprar;
  • Não jogue lixo na rua ou lagos;
  • Recolha o seu lixo quando for a praia;
  • Respeite os seres vivos;
  • Ande menos de carro e mais de bicicleta;
  • Procure caminhar de vez em quando;
  • Desenvolva hábitos saudáveis;
  • Etc.

Para ter sucesso na educação ambiental é necessário que todos sigam as regras e façam o que precisa ser feito. Deste modo, as crianças passarão a enxergar este estilo de vida como algo natural e fácil de ser replicado.

Eduque e ensine

O diálogo também é uma etapa muito importante na educação ambiental das crianças. Os pequenos são muito curiosos e querem saber de tudo. Uma das perguntas mais frequentes nesse período é “por quê?”.

Aproveite essa curiosidade para ensinar seus filhos sobre a importância da consciência ambiental e uma vida mais ecológica. Fale sobre os ganhos dessas ações, dos impactos delas no mundo e o que pode acontecer caso as pessoas não desenvolvam essa consciência.

Para ficar mais lúdico experimente usar histórias animadas, como de super heróis, para transmitir o conhecimento. Você pode criar um vilão que polui o meio ambiente e um super herói para salvar o mundo.

As histórias divertidas são mais práticas para se contar e inserir no dia a dia da criança. Além disso, os pequenos têm mais facilidade em absorver as informações quando contadas de maneira lúdica e divertida.

E, sempre que possível, aproveite a oportunidade para educar e ensinar os pequenos. Viu um lixo jogado em um córrego? Fale para o seu filho porque isso não deve ser feito, suas consequências e, se possível, retire o lixo dali para que ele faça o mesmo no futuro.

Envolva as crianças

Educação ambiental para crianças: Dicas para formar cidadãos conscientes!

As crianças querem fazer parte de tudo aquilo que os adultos fazem. Essa é uma oportunidade e tanto para engajá-los em iniciativas sustentáveis e hábitos saudáveis.

Que tal nomear responsáveis para separar o lixo reciclável? Ou quem sabe criar uma horta em casa para cultivar vegetais e hortaliças? Ou ainda desenvolver competições e desafios, premiando quem for mais ecológico?

São medidas simples de se colocar em prática, mas que possuem um efeito extraordinário sobre as crianças. Envolver as crianças nesses projetos fará com que elas desenvolvam hábitos saudáveis e sustentáveis, ações que carregarão para o resto de suas vidas.

Da mesma forma, esses projetos podem se tornar momentos de diversão para os pequenos. É um período que a família toda pode ficar junta e se divertir enquanto cuidam das plantas ou separam o lixo, por exemplo. Afinal, que criança não gosta de se sujar um pouco e mexer com terra, não é?

Ligar essas ações com memórias positivas, lembranças amorosas e sentimentos bons diminuirá a resistência das crianças em fazer o que precisa ser feito. Elas também desenvolveram outras habilidades incríveis, como socialização, responsabilidade, trabalho em equipe, liderança e muito mais. Habilidades que serão muito úteis durante toda a vida dos pequenos, inclusive na fase adulta.

Use a criatividade

A criatividade é outra característica muito comum nas crianças que pode ser usada em prol da educação ambiental. Além das histórias, que vimos anteriormente, existem inúmeras formas de ser criativo para transmitir esses ideais.

Veja alguns exemplos:

  • Use jogos e desafios;
  • Monte gincanas e competições;
  • Crie peças de teatro e fantoches;
  • Assista vídeos animados e desenhos educativos;
  • Leia livros infantis bem ilustrados com esse tema;
  • Promova recompensas divertidas para quem cumprir as regras;
  • Aproveite materiais reciclados para montar brinquedos e outros objetos;
  • Participe de aulas de culinária com receitas saudáveis;
  • Construa uma casa na árvore para ser o quartel general do meio ambiente;
  • Utilize os materiais reciclados para montar um parque ou playground;
  • Etc.

Como você pode ver não há limites para usar a sua criatividade e a dos pequenos também. As crianças, aliás, terão muitas ideias para contribuir e desenvolver, pode ter certeza. Deixe que elas exponham seus projetos e as ajude a coloca-los em prática.

Consumo consciente

Educação ambiental para crianças: Dicas para formar cidadãos conscientes!

Desenvolver o consumo consciente também é uma etapa importante na educação ambiental das crianças. Você precisa mostrar a elas como adquirir produtos, quando fazer as compras e evitar que caiam na onda de consumismo.

Um exemplo prático para isso é acostumar seu filho a doar brinquedos ou roupas, antes que ele possa comprar novos. Você também pode fazê-lo rever a caixa de brinquedos, de tempos em tempos, de modo a repassar aquilo que não usa mais.

Deste modo, você evita ficar com pilhas de brinquedos sem utilidade e ainda assim comprar outros. Da mesma forma, desenvolve a doação e o desapego em seu filho, que serão úteis para formar o seu caráter lá na frente.

Gostou dessas dicas sobre como promover a educação ambiental infantil? Você já toma alguma dessas atitudes com seus filhos? Tem um projeto que gostaria de compartilhar com a gente? Deixe o seu comentário abaixo!

#useorganico

Comentários

Bitnami