Saúde   |   06/07/2018   |   59 visualizações

Funcho, mais conhecido como erva doce na maioria das casas, como aquele tempero a mais no bolo de milho – é um óleo essencial que ajuda no trato digestivo.

Funcho tem sido muito apreciada há séculos, onde tem sido usada tanto na culinária quanto na medicina tradicional em todo o mundo. Hoje em dia, é um tratamento natural barato e eficaz para uma série de queixas digestivas, problemas de pele e problemas respiratórios, entre outros.

Conheça os usos e benefícios do óleo essencial de funcho:

1. Ajuda a curar feridas

O óleo essencial de funcho produziu atividade antibacteriana e, como tal, são representativos de possíveis maneiras de abordar algumas cepas de bactérias.

Além disso, o óleo tem certos compostos que ajudam a proteger as feridas de se infectarem.

Também pode acelerar a cicatrização de feridas, por isso, se você quiser curar um corte , por exemplo, o óleo de funcho é uma boa opção natural.

Para isso em 10ml/g de óleo vegetal ou creme neutro adicione 2 gotas de funcho e aplique na farida até 5x por dia.

2 Alivia Espasmos
Espasmos podem ser fatais se não forem tratados adequadamente.

Os espasmos são contrações indesejadas e anormais nas vias respiratórias, intestinos, músculos ou nervos, resultando em tosse contínua, soluços, dor aguda e sensação de puxão nos intestinos, câimbras, puxões musculares, convulsões ou ataques epilépticos.

Se não for tratado a tempo, um paciente pode ter dor aguda nos intestinos ou ficar sem ar em casos de tosse e soluços e pode até morrer.

O óleo essencial de funcho tem um efeito relaxante nos nervos, músculos, intestinos e no sistema respiratório e acalma os ataques espasmódicos, dando alívio rápido para as situações mencionadas anteriormente.

Funcho demonstrou reduzir os espasmos intestinais e aumentar o movimento de células no intestino delgado de bebês, em particular através de estudos de bebês que têm cólica .

O uso de emulsão com óleo de funcho eliminou as cólicas.

3. Carminativo

Como um carminativo, o óleo de funcho faz com que os gases escapem dos intestinos e pode dar à pessoa um imenso alívio de problemas como indigestão, inquietação, dor no abdômen, estômago e tórax, bem como diminuir a hipertensão.

Também tem outro benefício de não deixar gases adicionais se formarem. É muito bom para pessoas com problemas crônicos com gases .

 4.  Diurético

O óleo de funcho aumenta a frequência da micção e a quantidade de urina, ajudando não só a remover o excesso de água, sódio , ácido úrico, sais biliares e outros elementos tóxicos do corpo, mas também reduzindo a pressão arterial, limpando os rins e reduzindo a gordura.

Se você não está sofrendo de inchaço ou acúmulo de água no corpo, então você deve beber mais água ao usar o óleo de erva-doce, pois a micção muito freqüente pode causar desidratação.

5. Regulador menstrual

Mulheres que têm problemas com menstruação irregular, obstruída ou dolorosa podem se beneficiar da propriedade emmenagoga deste óleo.

Não só ajuda a limpar a menstruação obstruída e a torna regular, mas também alivia os outros sintomas associados a períodos como dores de cabeça , dor na região abdominal, tontura e alterações de humor. Também ajuda a prevenir a menopausa prematura ou prematura.

Você pode usar 2 gotas de funcho em 10ml/g de óleo vegetal ou creme neutro e aplicar na região, como também usar em um colar aromaterápico 1 gota e inalar durante o dia para as variações de humor.


6. Auxilia a lactação

Este óleo pode desempenhar um papel importante para as mães que amamentam. Pode aumentar a quantidade de 
leite, aumentando a produção de um hormônio chamado estrogênio.

Isso beneficia tanto o bebê quanto a mãe. Este leite também herda algumas das propriedades carminativas e digestivas do óleo de erva-doce e protege o bebê da flatulência , indigestão e gases, que são muito comuns em bebês.

7. Laxante

O óleo de erva-doce é um bom laxante e beneficia tanto a constipação crônica quanto a aguda. No entanto, ao contrário dos laxantes sintéticos, não tem efeitos colaterais e pode ser usado regularmente.

8. Atua como estimulante

O óleo de funcho atua como um emenagogo, galactagogo e diurético devido a uma única propriedade, que é sua qualidade estimulante.

Sendo um estimulante,atua em todas as atividades que acontecem dentro do corpo.

Estimula o cérebro e a atividade neural, o sistema nervoso, as secreções das glândulas endócrinas e exócrinas (incluindo a secreção de leite, sebo, suor, lágrimas, urina e descargas durante a menstruação), o sistema digestivo e o sistema excretor.

Este efeito estimulante também ajuda a superar fadiga, tontura e depressão .

9.  Efeito depurativo

Óleo de funcho faz o trabalho de um desintoxicante e purifica o sangue e, portanto, é considerado um depurativo.

Na verdade, ajuda o sangue a eliminar uréia no sangue, ácido úrico e certos hormônios indesejáveis, que são as principais toxinas encontradas em nossa corrente sanguínea.

Além disso, também equilibra o nível de sódio no sangue e ajuda na remoção de outras substâncias tóxicas que entram no sangue de fontes externas,.

Por isso é um óleo essencial que ajuda no tratamento da celulite.

10. Trata tosse crônica

O óleo de erva-doce provou ser eficaz no alívio dos depósitos de muco e catarro que levam à congestão do trato nasal.

Assim ele atua na laringe, faringe, brônquios e pulmões devido à infecção por vírus e resfriado.

É particularmente eficaz no tratamento de tosses frequentes ou crônicas.

INFORMAÇÃOES DE SEGURANÇA:

Tisserand  indica que o óleo essencial de funcho pode interagir com a medicação e que pode inibir a coagulação do sangue.

São mais prováveis ​​precauções para evitar o uso tópico do óleo. Suas contra-indicações incluem gravidez, endometriose, cânceres dependentes de estrogênio e crianças menores de 5 anos. O máximo cutâneo é de 2,5%.

#useorganico

Comentários

Bitnami