Bem Estar Inspiração Saúde   |   24/08/2021   |   99 visualizações

A meditação vem ganhando cada vez mais espaço na vida de muitas pessoas, pois é uma maneira acessível de acalmar a mente, exercitar a presença no cotidiano, aliviar sintomas de stress e ajudar na memória.

É uma prática milenar, com referências nos vedas – escrituras sagradas do hinduísmo – e muito presente nas tradições orientais.

Por si só, a meditação já é um ritual muito benéfico, mas pode ficar ainda mais especial com o uso de óleos essenciais no difusor de ambientes durante a prática.

Se você tem vontade de começar a meditar, mas não sabe como, criamos um passo a passo muito simples para te ajudar a iniciar sua jornada de relaxamento e presença.

Passo 1: Reserve um tempo para você.

O ideal é começar com períodos mais curtos (3 a 5 minutos) e ir aumentando gradativamente.

Passo 2: Encontre um lugar calmo e confortável

Um local sem barulhos e onde você não seja interrompida.

Passo 3: Fique atento a sua postura

Sua coluna deve permanecer ereta, mas não muito rígida. Não é obrigatório ficar em posição de lótus (pernas cruzadas e com os pés sobre as coxas, logo acima dos joelhos). Se ficar mais confortável, é possível utilizar uma cadeira (desde que você não “relaxe demais” sua coluna no encosto). Suas mãos podem permanecer sobre as coxas.

Quando encontrar a sua postura ideal, feche os olhos.

Passo 4: Preste atenção na respiração

Respire lentamente e depois tente fazer uma inspiração profunda, puxando o ar utilizando a barriga e o tórax, e uma expiração lenta e prazerosa. A ideia não é forçar sua respiração, e sim tomar consciência sobre cada movimento feito. Após algumas respirações mais dirigidas, você pode deixar seu corpo mais livre e apenas observar como sua respiração se comporta.

Passo 5: Foque no presente

Vários pensamentos podem passar pela nossa cabeça… E isso é normal. Dificilmente conseguimos esvaziar totalmente nossa mente. O importante é tentar não se deixar levar por esses devaneios. Procure focar no momento presente, nas sensações que o ato de respirar provoca no seu corpo. Seja um expectador da sua mente. Se por acaso, você começar a se dedicar a um pensamento específico, volte a atenção para sua respiração. Faça isso quantas vezes forem necessárias.

Comentários