Aromaterapia Saúde   |   28/03/2023   |   504 visualizações

Com a mudança de estação, e o clima mais seco, os problemas respiratórios começam a ser cada vez mais frequentes. E a aromaterapia pode ser uma excelente aliada para o nosso bem-estar. Leia este texto até o final e aprenda como tratar rinite e sinusite com óleos essenciais.

Conviver com rinite e sinusite não é uma tarefa muito fácil, já que exigem inúmeros cuidados no dia a dia para não intensificar ambas. Apesar das semelhanças por compartilharem alguns sintomas, elas não são a mesma coisa. 

Rinite e Sinusite: o que são e sintomas

A rinite é uma inflamação da mucosa nasal (do nariz), da qual resultam sintomas como a obstrução nasal (“nariz entupido”), o prurido (“comichão no nariz”), espirros, entre outros.

Já a sinusite é uma complicação da rinite que se caracteriza pela inflamação dos seios da face. Ela tem várias causas, tais como: desvio de septo nasal, traumas na face, infecções odontológicas, infecções causadas por bactérias, fungos e vírus, aromas sintéticos, poeira, tumores e alterações de altitude.

A inflamação da sinusite pode causar dor de cabeça, febre, choque térmico, tosse, sensação de peso na cabeça, dor muscular e até perda de apetite. Além disso, esses sintomas podem piorar à noite, quando a pessoa vai se deitar. A secreção pode escorrer por outras partes das fossas nasais, aumentando o mal-estar.

Como tratar rinite e sinusite com óleos essenciais?

Óleos essenciais para sinusite ou rinite

A aromaterapia é uma prática eficaz para o tratamento de diversas doenças físicas e emocionais, incluindo a sinusite e a rinite.Os óleos essenciais podem auxiliar no alívio de sintomas, e assim melhorar a qualidade de vida. 

Muitos dos óleos essenciais atuam como antibacterianos e antimicrobianos naturais, ajudando a combater bactérias, vírus, mofos e fungos, dando uma bela fortalecida em nosso sistema imunológico. Mas para que a aromaterapia seja efetiva e ajude a diminuir os sintomas das doenças respiratórias é preciso estar atento aos óleos essenciais que serão usados. Não se esqueça que os óleos essenciais não substituem o tratamento médico. Procure sempre um especialista.

Confira os melhores óleos essenciais para tratar sinusite ou rinite:

Hortelã-Pimenta: contém mentol, um composto que pode afetar os receptores de muco no nariz, ajudando a abrir as vias respiratórias e limpar o muco.

Saiba mais sobre este produto aqui.

Eucalipto Glóbulus: possui aroma refrescante que auxilia na respiração, age como expectorante e ajuda a limpar o corpo de toxinas. Contém cineol, que pode aliviar alguns sintomas de sinusite, como obstrução nasal, coceira no nariz e dores de cabeça.

Saiba mais sobre este produto aqui.

Lavanda: auxilia para acalmar, relaxar e dormir melhor.

Saiba mais sobre este produto aqui.

Alecrim: é anti-inflamatório e pode ajudar a aliviar o inchaço dos seios da face e a obstrução nasal. Também é conhecido por ser um energizante natural, pois restaura a energia e equilibra humor.

Saiba mais sobre este produto aqui.

Tea Tree (Melaleuca): possui propriedades antissépticas, antibacterianas e anti-inflamatórias, além de ajudar a estimular o sistema imunológico e combater a infecção da sinusite. 

Saiba mais sobre este produto aqui.

Como utilizar os óleos essenciais para tratar sinusite e rinite?

Uma forma muito eficaz é fazer uma espécie de sauna facial com o óleo essencial escolhido: para isso, aplique de uma a três gotas do(s) óleo(s) essencial(is) de sua preferência numa bacia com água quente e, colocando o rosto acima da bacia, tampe a cabeça com uma toalha e inale o vapor durante um minuto ou mais (tome muito cuidado para não aproximar muito o rosto da água, para evitar queimaduras).

Os difusores de ambiente também podem ser muito úteis, pois dispersam os óleos essenciais no ar.

Gostaram das dicas? Na Use Orgânico você encontra a melhor curadoria em óleos essenciais e produtos de aromaterapia do Brasil. Acesse o site e confira!

Comentários

Não tóxico

Não testado
em animais

Livre de
parabenos

Vegano

Gluten-Free