Bem Estar   |   23/12/2020   |   4 visualizações

Com a chegada do fim de ano, ainda mais num ano como 2020, a gente tende a dar uma parada, olhar o que aconteceu, quais foram os aprendizados, os perrengues… E planejar o que está por vir. Definir metas, objetivos e prioridades nos faz ter uma visão de futuro e não perder nosso propósito de vista, ainda que a gente saiba que não temos controle sobre a vida (alô, 2020, entendemos isso também!).

Mas essa parada é um ritual fundamental e muda totalmente o nosso mood. É um período no qual devemos nos permitir a pausa, a contemplação, a leitura… E direcionar nossa atenção às belezas que nos cercam e que por vezes, passam despercebidas em meio ao cotidiano.

Ritualizar o cotidiano é algo que sempre devemos ter em mente. A vida por vezes pode ser tão árida e pequenas doses de beleza se tornam fundamentais para que a nossa jornada se torne possível.

Para isso não são necessários grandes recursos ou deslocamentos. Acender um incenso, colocar um óleo essencial no difusor, meditar, praticar yoga, dançar, desenhar, pintar, fazer trabalhos manuais, comer uma comida gostosa, não fazer absolutamente nada… 

Priorizar esses momentos é muito importante para nossa saúde mental. Em tempos de alta produtividade, de muita exposição às telas e de dificuldade em separar vida pessoal e profissional, eu diria que é questão de saúde pública (sim, a ansiedade afeta muito nosso sistema imunológico).

Meu convite é que a gente tente encaixar esses pequenos momentos aos poucos na rotina. Não precisa ser nada grande ou muito difícil, mas eu garanto que 15 minutos de pausa para cuidar se si mesma, vai fazer muita diferença.

Comentários