Aromaterapia Bem Estar Saúde   |   26/02/2021   |   27 visualizações

Esse profissional nos dá o suporte necessário e torna a experiência de uso dos óleos essenciais mais complexa.

A aromaterapia é uma terapia holística, que leva em conta o ser humano nos seus aspectos físicos, emocionais, espirituais e sociais. Assim, não existe um óleo essencial específico para determinado “sintoma” e sim um óleo essencial adequado para determinada pessoa em seu contexto presente.

Quando a gente começa a ter contato com a aromaterapia, dá aquela vontade de comprar vários óleos essenciais, testar diversas possibilidades de aplicação e é muito legal aprender mais para fazer um uso básico em casa. Mas não podemos esquecer que cada gotinha contém centenas de moléculas químicas, que reagem como o nosso organismo.

Para casos mais específicos ou uso prolongado, é importante consultar um aromaterapeuta. Ter contato com os óleos essenciais através da sua mediação é uma experiência muito mais complexa, uma vez que esse profissional conhece as características, contra indicações e as interações dos óleos essenciais no nosso organismo.

Esse profissional também pode dar suporte para eventuais dúvidas e em alguns casos, pode aliar a aromaterapia com outras terapias integrativas e complementares.

Além disso, o aromaterapeuta também fica  atento à janela terapêutica, ou seja, o período de “descanso” que nosso organismo precisa entre o uso de compostos químicos (como os óleos essenciais). 

A natureza nos oferece essa incrível forma de cuidado, mas é importante ter consciência e responsabilidade no seu uso.

E você? Já faz uso dos óleos essenciais em casa? Já pensou ou precisou procurar um aromaterapeuta? Conte nos comentários!

Comentários